Marcus Lucenna participa de homenagem a Gonzagão na Ilha da Gigóia

Marcus Lucenna

Marcus Lucenna

O Bar Caiçara, na Ilha da Gigóia, Barra da Tijuca, recebe no dia 24 de maio o show “Forró de Gonzaga — Gonzagão 30 anos”, uma homenagem ao Rei do Baião no ano em que se completam 30 anos de sua morte. A realização é da Moleque Produções, do músico e produtor Daniel Gonzaga, neto de Luiz Gonzaga. Além de se apresentar, ele receberá no palco artistas cujas obras ou trajetórias artísticas se identificam com as do pernambucano de Exu. O show, que começa às 21h, tem entrada franca.

Continuar lendo

Marcus Lucenna é a atração do Forró Forrado na próxima terça

Marcus-Lucenna-na-Corte-do-Rei-Luiz

Marcus Lucenna

Marcus Lucenna é a próxima atração do Forró Forrado, revival do tradicional evento dos anos 70 que acontece todas as terças-feiras no Cariocando (Rua Silveira Martins, 139 – Catete). Na edição do dia 26/3, o poeta-cantador, membro da Academia Brasileira de Literatura de Cordel, apresenta, a partir das 19h, canções do seu mais recente álbum, “Marcus Lucenna na Corte do Rei Luiz”, que celebra seus 30 anos de carreira. A entrada custa R$ 15.

Continuar lendo

Marcus Lucenna lança livro e novo álbum em Mossoró

Marcus Lucenna na Corte do Rei Luiz e Sociedade Planetária Mundo Natural

CD e Livro

Marcus Lucenna já esta em sua terra natal para o lançamento regional do novo CD, “Marcus Lucenna na Corte do Rei Luiz”. O show será nesta quinta-feira (20/12), a partir das 18h, em evento organizado pela Academia Mossoroense de Literatura de Cordel (AMLC) na Estação das Artes Elizeu Ventania, com entrada franca. Na ocasião, o forrozeiro, que é membro da AMLC e da Academia Brasileira de Literatura de Cordel, também apresenta ao público sua mais nova obra literária: “Sociedade Planetária Mundo Natural” (Editora Europa, 134 páginas).

Continuar lendo

Marcus Lucenna comanda vagão de Luiz Gonzaga no Trem do Forró

Marcus Lucenna

Marcus Lucenna

Marcus Lucenna é uma das atrações do trem da Supervia que partirá da Central do Brasil, no Centro do Rio, neste domingo (14/10), rumo a Duque de Caxias repleto de forrozeiros que se apresentarão a bordo. A partida da composição será às 13h, mas a partir das 10h a estação já recebe uma programação de shows de forró no último dia da semana de comemoração pelo Dia do Nordestino (8/10).  A entrada custa a tarifa do trem (R$ 4,20).

Continuar lendo

“Vassouras”, de Luiz Gonzaga, recebe novos arranjos e adaptações em novo álbum de Marcus Lucenna

Marcus Lucenna regrava clássico "Vassouras"Lançada em 1956, no álbum Aboios e Vaquejadas, a música “Vassouras”, de Luiz Gonzaga em parceria com David Nasser, acaba de ganhar uma regravação. O xote que enaltece o município fluminense que serviu de refúgio para o Rei do Baião está agora no álbum “Marcus Lucenna na Corte do Rei Luiz”, que o poeta-cantador membro da Academia Brasileira de Literatura de Cordel (ABLC) acaba de lançar. Nessa nova versão, que está sendo muito elogiada pelos críticos, Marcus Lucenna faz algumas atualizações na letra, de ordem geopolítica e lexical.

Continuar lendo

Álbum Marcus Lucenna na Corte do Rei Luiz já está em streaming

Marcus Lucenna na Corte do Rei Luiz

Já está disponível nas principais plataformas de streaming, como o Spotify, e serviços de compra online o CD “Marcus Lucenna na Corte do Rei Luiz”, o 15º álbum do poeta-cantador. O novo trabalho, independente, foi lançado oficialmente dia 18 de agosto, em Fortaleza, e celebra os seus 30 anos de estrada, que serão completados em 2019. A efeméride faz referência ao primeiro LP (Cantolínia Psicordélica), lançado em 1989 pela PolyGram, uma das maiores gravadoras do mundo à epoca.

No álbum, com 15 faixas, Marcus Lucenna reúne regravações em novos arranjos de sucessos autorais, de canções compostas em parceria com outros artistas e de clássicos do forró de compositores que lhe serviram de inspiração, como Luiz Gonzaga – cuja morte também completará 30 anos em 2019. Militante da cultura popular nordestina, Marcus Lucenna escolheu o repertório com vista a refazer musicalmente as suas jornadas de vida e artística, que se misturam à história do forró e se entrecruzam com figuras importantes do gênero.

Confira alguns destaques:

Continuar lendo

Quarenta anos depois, Marcus Lucenna faz canção-resposta a “Sampa”, de Caetano Veloso

Foto: Divulgação

Em “Sampa”, canção composta em 1978, Caetano Veloso faz uma homenagem a São Paulo com uma bela poesia, mas em termos um tanto desabonadores para a cidade. Fala da “dura poesia concreta de tuas esquinas”, da “deselegância discreta de tuas meninas”, “da força da grana que ergue e destrói coisas belas” e “da feia fumaça que sobe, apagando as estrelas”.

Em canção do seu novo álbum, “Marcus Lucenna na Corte do Rei Luiz”, o 15º da carreira, o poeta-cantador, que é membro da Academia Brasileira de Literatura de Cordel (ABLC), provoca Caetano Veloso falando dos atributos de São Paulo, em especial da mulher paulistana. A resposta a Caetano vem logo na segunda faixa do CD, batizada de “APMAS” (O Avesso do Avesso). Sob uma perspectiva nordestina, tanto na letra como na melodia – em ritmo de samba com toque de forró dado por triângulo, sanfona e viola misturados ao pandeiro –, o poeta potiguar rasga elogios à menina considerada “deselegante” por Caetano Veloso.

Continuar lendo